Página Inicial / Atendimento / Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes

 

1Quais as competências da Pró-Reitoria de Ensino?

À Pró-Reitoria de Ensino (PROEN) compete planejar, superintender, coordenar, fomentar e acompanhar as atividades e políticas de ensino homologadas pelo Conselho Superior, em consonância com as diretrizes emanadas do Ministério da Educação, em articulação com a pesquisa e à extensão. A PROEN tem como objetivo o desenvolvimento e execução das atividades pedagógicas da Instituição. Tem como parâmetros a legislação pertinente e as regulamentações internas da Instituição. Estas possuem ênfase na efetivação dos princípios de flexibilização curricular e na relação entre os saberes, orientando o processo de adequação dos Projetos Pedagógicos dos Cursos às Diretrizes Curriculares Nacionais e às Políticas de Ensino na Instituição.

2O que é o Projeto Político Pedagógico e quais são os seus objetivos?

O Projeto Político Pedagógico (PPP) é o documento que apresenta os princípios e diretrizes gerais orientadores do ensino, da pesquisa e da extensão desenvolvidas no IFAL, e aponta os valores e as ações prioritárias da Instituição. O PPP representa os sentimentos, os ideais e anseios da comunidade do IFAL em relação a Educação Profissional e Tecnológica. Este documento foi concebido no plano de desenvolvimento da política de educação tecnológica brasileira, tendo como finalidade precípua elevar o nível de qualidade dos programas educacionais que se desenvolvem no contexto do Estado de Alagoas. Dessa forma, projeta como metas: a ampliação do acesso a seus cursos, a permanência com sucesso dos alunos na Instituição e a efetiva aprendizagem do alunado a ela vinculado.

3O que é um curso técnico integrado?

Os cursos integrados são destinados apenas a indivíduos que apresentam Ensino Fundamental completo. O curso é planejado de modo a conduzir à habilitação profissional técnica de nível médio, integrando assim a Educação Profissional ao Ensino Médio em uma única matriz curricular, na mesma instituição de ensino e com matrícula única para cada aluno. Como se trata de curso único, realizado de forma integrada e interdependente, não será possível concluir o Ensino Médio de forma independente da conclusão do Ensino Técnico de Nível Médio ou, ainda, o contrário.

4 - Qual a diferença entre curso técnico e tecnológico?

Cursos técnicos são programas de nível médio que tem como finalidade a capacitação do aluno mediante a aquisição de conhecimentos teóricos e práticos nas diversas atividades do setor produtivo. os cursos tecnológicos são classificados como de nível superior.

5 - O que é um curso técnico subsequente?

O curso técnico subsequente é destinado aos alunos que já concluíram o Ensino Médio e desejam obter uma formação técnica. Ao final do Curso, o aluno obtém um diploma de técnico de nível médio, correspondente ao curso escolhido.

6O que é um curso concomitante?

Os cursos concomitantes são oferecidos a quem concluiu o ensino fundamental e esteja cursando o Ensino Médio. O aluno apresentará duas matrículas distintas: uma para o Ensino Médio e outra para o Curso Técnico escolhido, podendo as matrículas serem efetuadas na mesma instituição ou em instituições de ensino diferentes, desde que haja compatibilidade de horário na oferta dos cursos.

6O que é o PROEJA?

É o Programa Nacional de Integração da Educação Básica com a Educação Profissional na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) que tem como base legal o decreto 5.840 de 13 de julho de 2006. Tem como objetivo ofertar cursos voltados para jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de cursar o ensino fundamental e / ou o médio na idade regular e que buscam também uma profissionalização.

4O que é o NAPNE?

O Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE), previsto no Decreto 7.611/2011. prepara a instituição para receber as PNE, providenciando a adaptação de currículo conforme a necessidade de cada aluno, visando eliminar barreiras físicas, de comunicação e de informação que restringem a participação e o desenvolvimento acadêmico e social de estudantes com deficiência. O NAPNE é uma proposição da Secretaria de Educação Tecnológica e Profissional do Ministério da Educação (SETEC/MEC). O objetivo da iniciativa é consolidar uma política de educação inclusiva nas Instituições Federais de Ensino, atendendo o propósito da Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, que reconhece os direitos das pessoas com deficiência ao trabalho, em igualdade de oportunidades com as demais pessoas, a partir de práticas escolares que possam sensibilizar a comunidade escolar para as questões dos Direitos das Pessoas com Deficiência.

registrado em:

Ebrary

Kentron

Transparência